Encontraram a Arca de Noé

Sabemos que o mundo é controlado por sociedades secretas ocultistas e que também quase todos os meios de comunicação é controlado por eles.
Ora, a televisão, visto que é um dos meios controlados por pessoas que não gostam de Deus, nunca vai contar a verdade sobre o mundo para você. Eles cegam a todos o tempo inteiro, omitindo informações valiosas e fazendo as pessoas aderirem a condutas distantes daquelas que originalmente deveriam seguir. Muitos hoje não acreditam mais em Deus, graças às inúmeras tentativas que têm ocorrido durante os séculos para mitificar Deus e a Bíblia e estereotipar religiões como o Cristianismo, Judaísmo e o Islamismo.

 No entanto, pouco sabem eles que Deus nunca vai deixar que a mentira reine para sempre. A verdade está gradualmente aparecendo. Durante muito tempo, eles ridicularizaram a Bíblia, dizendo que ela era apenas um livro velho de lendas judaicas, usando todos os argumentos e sofismas que puderam, mas a ciência arqueológica no século 20 conseguiu coletar inúmeras evidências que autenticam os relatos contidos naquele livro. A partir deste post, estarei expondo essas informações para vocês – informações que você nunca  encontrará no seu jornal favorito.




A arca de Noé
Você conhece a história de Noé (muitos dirão que não, é claro, mas conhecem com certeza todos os contos de fada da Disney)? Noé viveu a mais ou menos 5000 anos atrás, alguns séculos após a criação da raça humana. Segundo a Bíblia, Deus havia se arrependido de ter feito o mundo, pois a humanidade estava irreversivelmente má, então, ele decidiu desistir do mundo, inundando-o com água. No entanto, havia no mundo um homem que ainda amava a Deus; ele foi poupado, junto com sua família, daquele julgamento. Deus pediu para que ele construísse uma grande embarcação de madeira e colocassem um par de cada espécie de animal ali. O dia do julgamento chegou e apenas Noé, sua família e os animais que estavam dentro da arca sobreviveram. Depois de 40 dias e noites de chuva na Terra, as águas baixaram e embarcação pousou nas montanhas do Monte Ararat. 
As águas prevaleceram sobre a terra por 150 dias (7:24), e então baixaram em alguns meses. Cinco meses depois que o dilúvio começou a arca repousou sobre o monte Ararat (8:4, cf. 7:11).







 (Representação de como teria sido a Arca)
Os restos da arca permanecem ali até os dias de hoje, visto que o monte é totalmente coberto por neve. Muitos escaladores no século 20 disseram ter visto uma grande embarcação parcialmente congelada no topo do monte Ararat. Também, pilotos de avião e fotos de satélite já perceberam que existe mesmo algo ali. Ao todo, a arca teria sido avistada mais de cem vezes e muitos já até mesmo trouxeram amostras da madeira, que ao serem analisadas, mostraram ser antigas o suficiente para terem sido parte da Arca de Noé. No final de 2009, alguns escaladores, decididos a colocar um fim no assunto, foram em busca dos restos dessa embarcação que muitos já haviam avistado. Veja o resultado neste vídeo abaixo:



 O que tanta madeira estaria fazendo ali, justamente no local onde a Bíblia relata que a Arca pousou? Quem conseguiria carregar tanta madeira àquela altitude? 



































































































Não é a primeira vez que foram feitas análises da madeira recolhida – impressionantemente, o carbono data de 4800, que foi mais ou menos a época em que acredita-se que o Dilúvio teria ocorrido. O grupo que realizou o achado diz estar 99,9% certos de terem encontrado a Arca de Noé. 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s